All posts in identidade visual

Análise do Logotipo do Pão de Açúcar

Análise do logotipo pão de açúcar

Por sugestão da internauta Adriana Peres Quadro, resolvemos fazer a análise do logotipo dos Supermercados Pão de Açúcar.

Significado de formas geométricas complexas

análise de figuras geométricas complexas

Conhecer o significado de formas geométricas complexas é uma tarefa que pode facilitar o trabalho de quem precisa desenvolver logotipos, por isso, esse assunto Continue lendo →

O significado do Circulo e Quadrado na construção de logotipos

Dando continuidade à análise das formas geométricas – Quadrado e Círculo, vamos observar alguns exemplos de logotipos que utilizam círculos em sua construção.
Três exemplos de logotipos voltados aos meios de comunicação de massa que utilizam círculo em sua construção. É comum encontrarmos o círculo em logotipos destinados a empresas deste segmento porque ele indica movimento, agilidade e inovação. Esta figura também passa a idéia de infinito fazendo referência à quantidade de conteúdo ilimitada desses meios.

O círculo aplicado no logotipo da LG está mais relacionado ao orgânico, o que é reforçado pela estilização de um rosto formado pelas letras L e G.
Os produtos Herbalife também se beneficiam do círculo para reforçar as características de orgânico e natural.

Os 3 logos a seguir também são ótimos para ilustrar o uso do círculo visando dar ênfase ao aspecto orgânico, algo relacionado ao “bio” (vida).
Quer treinar seu conhecimento sobre logotipos?
No site Flash Pops você encontra 2 games para testar o seu recall de marcas famosas:
Além de se divertir jogando, é um bom lugar para treinar o significado das formas geométricas aplicadas aos logotipos, pois você encontrará todas elas.
Leia também:

O significado das formas geométricas – Círculo e Quadrado

A aplicação das formas geométricas em logotipos já foi analisada aqui no entreclics, porém ainda não fizemos uma comparação entre duas figuras geométricas diferentes. Esse tipo de comparação pode auxiliar na escolha da figura mais adequada no momento da criação de um logotipo.

Portanto, vamos analisar as características do círculo e do quadrado.
O círculo está intimamente relacionado com o orgânico, enquanto que o quadrado refere-se ao mecânico, tecnológico.
Para entender porque, basta observarmos que na natureza podemos encontrar a forma circular com certa facilidade: nas células e seus núcleos celulares, no glóbulo ocular, no miolo de flores, em algumas frutas, nas bolhas de ar dentro d’água… até pedras podem ser exatamente redondas, e ao jogarmos uma pedra na água as ondas formadas são círculos concêntricos…
Já o quadrado é uma forma construída. Não há na natureza nada que seja exatamente quadrado pois para isso, é necessário que o elemento seja formado de linhas perfeitamente retas e com os quatro lados e ângulos idênticos! (se você conhecer algum elemento da natureza que seja quadrado por favor compartilhe conosco esta preciosa informação deixando um comentário).

Por suas características construtivas o quadrado é uma forma que representa rigidez, firmeza e organização. Traduz-se como o domínio da racionalidade, da precisão, da perfeição matemática, relaciona-se ao cálculo.

 O quadrado agrega ainda significados como solidez, sobriedade, repouso, neutralidade, passividade, estrutura, estabilidade, ordem. Pode indicar frieza e impessoalidade.
Já o círculo, em oposição ao quadrado, relaciona-se ao incalculável e ao natural. Representa a flexibilidade, o infinito, o ilimitado, passa a idéia de totalidade, de movimento, de inovação.

 

O melhor exemplo para avaliarmos as diferenças entre o círculo e o quadrado é desenho do Homem Vitruviano, feito por Leonardo da Vinci, se observarmos o homem em posição de cruz inscrito dentro do quadrado, veremos que ele parece estar imóvel e fixo no chão. Já, quando inscrito dentro do círculo, ele parece estar “flutuando” fora do chão e sua posição em X nos dá a impressão de movimento. Dessa forma, o quadrado implica em estabilidade e o circulo em movimento e dinâmica.

Agora vamos analisar como o círculo e o quadrado se comportam quando aplicados na construção de logotipos. Vale ressaltar que os seus significados podem variar de acordo com o contexto no qual a figura está inserida. Vejamos alguns exemplos:

O uso do quadrado no logotipo da Seguradora Porto Seguro, reforça a idéia de segurança e estabilidade, como o próprio nome diz. O desenho da vela de um barco indica movimento, porém devido ela estar inserida no quadrado representa uma estrutura sólida e confiável.

Já no logotipo da Lego o quadrado representa construtividade, tecnologia, conforme descrito no início do post. Aqui o tipo de letra totalmente arredondado faz referência ao orgânico (pessoa) passando a idéia de um indivíduo no centro de um ambiente construtivo. Não é exatamente esta a proposta do brinquedo?
E o Logotipo do Itaú, um quadrado dentro de outro? Quanta solidez, estabilidade, tecnologia,… Algo construído para oferecer segurança e confiabilidade, com domínio da precisão em cálculos. Existe ambiente onde estas características sejam mais importantes do que em um banco?
Continua na próxima postagem… O significado Círculo e Quadrado na construção de logotipos

Sites criativos X Sites Otimizados

Quem navega há algum tempo pela web, já deve ter percebido que os sites sofreram mudanças em seu padrão visual ao longo da história da internet.
Inicialmente, os sites eram bem delimitados com o menu de navegação localizado, na maioria das vezes, no topo ou na lateral esquerda e o conteúdo na porção direita do site.
Esse padrão “reinou” durante muito tempo e não apresentava muita inovação na forma de apresentação.
Com o aparecimento da tecnologia de animação, possibilitada pelo Flash, todas as limitações existentes na programação de um site foram deixadas de lado. Foi uma verdadeira revolução de criatividade em termos de diagramação e apresentação de conteúdo. Nada mais tinha lugar fixo, ou melhor nada mais era fixo! Menus se movimentavam, giravam, ficavam camuflados em imagens, o mesmo acontecia com o conteúdo.
Atualmente, o padrão mudou novamente, há uma tendência por sites no estilo de portal; com um topo e três colunas na parte de baixo. Normalmente o menu se localiza na coluna da esquerda, o conteúdo principal na parte central e na coluna da direita ficam conteúdos que necessitam de destaque como notícias, novidades, lançamentos, etc.
Para quem observa de fora, a impressão que se tem é que passamos por um retrocesso.
Mas isso tem uma explicação: me corrijam os SEO’s, mas o conteúdo inserido nos arquivos swf, provenientes do Flash, são mais difíceis de serem indexados pelos robôs do Google e demais buscadores.
Como a concorrência pelas primeiras colocações nas páginas do Google tem se tornado cada vez mais acirrada, visto que isto traz visibilidade e visitas aos sites, uma das estratégias para a otimização destes tem sido evitar conteúdos em flash.
Agora eu lhe pergunto: Não seriam os mecanismos de busca que deveriam se adaptar às novas tecnologias fazendo com que seus robôs conseguissem ler o conteúdo inserido em qualquer tipo de programação?
Qual é sua opinião? Deixe seu comentário.
Enquanto isso não acontece, os web designers e SEO’s vão se ajustando às limitações dos buscadores…
Parabéns àqueles que, com tudo isso, coseguem desenvolver sites criativos com lay-outs inovadores.

O significado das formas geométricas Parte II

O Ponto é a unidade gráfica mais simples em comunicação visual. Sua representação gráfica é obtida pela marca deixada através do simples contato de algum material (líquido ou sólido) com a superfície.

Tem formato arredondado e é de fácil reconhecimento por nosso cérebro que tem a tendência de simplificar qualquer forma, tentando transformá-la num ponto. Prova disso é que quanto mais nos distanciamos de um objeto (de qualquer formato) mais ele vai perdendo os detalhes até se tornar apenas um pontinho distante. Se levarmos em consideração esta tendência de nosso cérebro ao pensarmos em criar um logotipo, torna-se fácil perceber que quanto menor a quantidade de informação utilizada, mais fácil para que elas sejam retidas na mente do público. Os vários elementos de um logotipo podem até ajudá-lo a ser auto-explicativo, porém exigem mais esforço para serem memorizados.

Isso explica a tendência de simplificação observada em muitos logotipos durante sua evolução.
Tomemos como exemplo o logo da Nike, que inicialmente possuía o nome Nike em sua composição e atualmente, após vários processos de simplificação, utilizar apenas o elemento gráfico.

É evidente que para isso acontecer, houve um enorme trabalho de comunicação e marketing envolvido para manter o nível de recall da marca inalterado.

Então eu pergunto:
Você acha que um logotipo deve inicialmente conter todos os detalhes que possam ajudá-lo a ser melhor entendido, e depois, se for o caso, ser simplificado para facilitar a memorização da marca? Ou, ele já deve ser criado o mais simples possível e evitar o esforço e investimento de um processo de simplificação futuro, ainda que este esforço ocorra inicialmente para facilitar sua compreensão?
Deixe seu comentário, queremos saber sua opinião.

Elementos subliminares em logotipos

Como havíamos prometido em outro post, vamos verificar como alguns designers usam elementos subliminares ou subjetivos na construção de logotipos.
Primeiro vamos às definições:
Mensagem Subliminar: A percepção subliminar é a capacidade do ser humano de captar de forma inconsciente mensagens ou estímulos fracos demais para provocar uma resposta consciente. A percepção subliminar é de fato comprovada cientificamente, com inúmeros experimentos que apresentaram fortes evidências.
Mensagem Subjetiva: è aquela que pertence ao sujeito enquanto ser consciente, que é do domínio da consciência.

Fonte: Wikipédia
Em outras palavras, podemos resumir da seguinte forma: subliminar é o que foge à nossa consciência e subjetivo é algo que está “escondido ou camuflado” que podemos perceber conscientemente, porém exige um certo esforço.
Com relação a construção de logotipos o mais comum é a utilização de elementos subjetivos para reforçar alguma característica importante.
Vejamos alguns exemplos:
O logotipo do Habib´s tem em sua construção um apóstrofe invertido! Esse elemento subjetivo ( ele está ali e pode ser percebido conscientemente) passa a idéia de uma esfiha mordida. De forma subliminar este detalhe pode despertar uma vontade incosciente de comer esfiha…
O logo da Amazon tem uma seta que passa a idéia de velocidade, porém poucos associam esta seta à idéia de diversidade: produtos de “a” a “z”.
O logo Fedex também tem uma seta (um pouco mais camuflada) para passar a idéia de agilidade.
Se você não viu, está entre o “E” e o “x”.

Muitos analisam o logo do Banco do Brasil como sendo 2 Bs invertidos e entrelaçados, mas também podemos perceber uma estilização do cifrão “$”, elemento que caracteriza perfeitamente a atividade das instituições financeiras.
Selecionamos apenas alguns exemplos, mas em breve colocaremos outros.
Para quem gostou deste assunto recomendamos visitar o blog Elo Comunicação que tem uma postagem interessante sobre logotipos.

Aviso: As marcas e slogans usados neste post são utilizados para mera ilustração e fins informativos e pertencem a seus respectivos proprietários. O editor deste blog não tem propriedade sobre elas e nem as subsidia.

Identidade Corporativa – Por onde começar?

Muitas pessoas acreditam que o desenvolvimento da identidade de uma empresa se resume na criação de um logotipo, e pronto. O que é um enorme erro.
A identidade corporativa é um conceito muito mais abrangente do que a imagem passada por um logotipo. Este é apenas a ponta do iceberg no que se refere à construção da imagem corporativa no mercado. Além dele, fazem parte deste processo: a criação e padronização de todos os materiais impressos e de papelaria, a identificação visual da fachada e dos ambientes internos da empresa, a personalização da frota e dos uniformes dos funcionários, além de todo material utilizado na divulgação da empresa nos mais variados tipos de mídia. Onde o mais importante é integrar todos estes materiais dentro de uma mesma linguagem, criando uma unidade entre eles. É o que chamamos de arquitetura da marca.
Veja abaixo alguns bons exemplos, desenvolvidos pela Agência de Comunicação  Top Asiole , do que vem a ser este mix de materiais seguindo uma padronização :

………………………………………………………………………

……………………………………………………………………..

 

……………………………………………………………………….
Porém é importante lembrar a comunicação é que viabiliza a construção da identidade corporativa, e permite que as organizações gerem no ambiente externo uma imagem institucional coerente e competitiva.
Aqui entra em cena uma habilidade extremamente importante para a construção da marca: Brand Governance.
É a capacidade de projetar e sustentar no mercado, uma imagem sólida e diferenciada capaz de identificar e destacar a empresa diante da concorrência.
É lógico, portanto, concluir que somente através da comunicação estratégica e eficiente da identidade, forma-se uma imagem verdadeira na mente do seu público.
Aí eu lhe pergunto quem deveria fazer este trabalho?
(   ) As pessoas de diferentes áreas tratando da comunicação da empresa, cada uma com sua visão?
(   ) Diversos fornecedores contratados, cada qual para desenvolver um material específico com linguagens e estratégias diferentes?
Parece óbvio que NENHUMA das respostas estejam corretas, não é? Mas é o que mais acontece…
Com certeza deveria ser um profissional ou uma empresa especializada em comunicação integrada …