All posts in Logotipo

Significados do triângulo em trabalhos gráficos

Significados do triângulo

Já falamos sobre o significado das formas geométricas na construção de logotipos e também já analisamos o uso do QUADRADO e do CÍRCULO , agora, vamos estudar melhor Continue lendo →

Uso correto das fontes: design x aplicação

Uso correto das fontes na construção de logotipos

O estudo da tipologia oferece infinitas possibilidades aos designers no momento da criação, o que pode tornar-se uma tarefa desanimadora e complexa a de combinar características visuais com Continue lendo →

Análise do Logotipo do Pão de Açúcar

Análise do logotipo pão de açúcar

Por sugestão da internauta Adriana Peres Quadro, resolvemos fazer a análise do logotipo dos Supermercados Pão de Açúcar.

Significado de formas geométricas complexas

análise de figuras geométricas complexas

Conhecer o significado de formas geométricas complexas é uma tarefa que pode facilitar o trabalho de quem precisa desenvolver logotipos, por isso, esse assunto Continue lendo →

O significado do Circulo e Quadrado na construção de logotipos

Dando continuidade à análise das formas geométricas – Quadrado e Círculo, vamos observar alguns exemplos de logotipos que utilizam círculos em sua construção.
Três exemplos de logotipos voltados aos meios de comunicação de massa que utilizam círculo em sua construção. É comum encontrarmos o círculo em logotipos destinados a empresas deste segmento porque ele indica movimento, agilidade e inovação. Esta figura também passa a idéia de infinito fazendo referência à quantidade de conteúdo ilimitada desses meios.

O círculo aplicado no logotipo da LG está mais relacionado ao orgânico, o que é reforçado pela estilização de um rosto formado pelas letras L e G.
Os produtos Herbalife também se beneficiam do círculo para reforçar as características de orgânico e natural.

Os 3 logos a seguir também são ótimos para ilustrar o uso do círculo visando dar ênfase ao aspecto orgânico, algo relacionado ao “bio” (vida).
Quer treinar seu conhecimento sobre logotipos?
No site Flash Pops você encontra 2 games para testar o seu recall de marcas famosas:
Além de se divertir jogando, é um bom lugar para treinar o significado das formas geométricas aplicadas aos logotipos, pois você encontrará todas elas.
Leia também:

O significado das formas geométricas – Círculo e Quadrado

A aplicação das formas geométricas em logotipos já foi analisada aqui no entreclics, porém ainda não fizemos uma comparação entre duas figuras geométricas diferentes. Esse tipo de comparação pode auxiliar na escolha da figura mais adequada no momento da criação de um logotipo.

Portanto, vamos analisar as características do círculo e do quadrado.
O círculo está intimamente relacionado com o orgânico, enquanto que o quadrado refere-se ao mecânico, tecnológico.
Para entender porque, basta observarmos que na natureza podemos encontrar a forma circular com certa facilidade: nas células e seus núcleos celulares, no glóbulo ocular, no miolo de flores, em algumas frutas, nas bolhas de ar dentro d’água… até pedras podem ser exatamente redondas, e ao jogarmos uma pedra na água as ondas formadas são círculos concêntricos…
Já o quadrado é uma forma construída. Não há na natureza nada que seja exatamente quadrado pois para isso, é necessário que o elemento seja formado de linhas perfeitamente retas e com os quatro lados e ângulos idênticos! (se você conhecer algum elemento da natureza que seja quadrado por favor compartilhe conosco esta preciosa informação deixando um comentário).

Por suas características construtivas o quadrado é uma forma que representa rigidez, firmeza e organização. Traduz-se como o domínio da racionalidade, da precisão, da perfeição matemática, relaciona-se ao cálculo.

 O quadrado agrega ainda significados como solidez, sobriedade, repouso, neutralidade, passividade, estrutura, estabilidade, ordem. Pode indicar frieza e impessoalidade.
Já o círculo, em oposição ao quadrado, relaciona-se ao incalculável e ao natural. Representa a flexibilidade, o infinito, o ilimitado, passa a idéia de totalidade, de movimento, de inovação.

 

O melhor exemplo para avaliarmos as diferenças entre o círculo e o quadrado é desenho do Homem Vitruviano, feito por Leonardo da Vinci, se observarmos o homem em posição de cruz inscrito dentro do quadrado, veremos que ele parece estar imóvel e fixo no chão. Já, quando inscrito dentro do círculo, ele parece estar “flutuando” fora do chão e sua posição em X nos dá a impressão de movimento. Dessa forma, o quadrado implica em estabilidade e o circulo em movimento e dinâmica.

Agora vamos analisar como o círculo e o quadrado se comportam quando aplicados na construção de logotipos. Vale ressaltar que os seus significados podem variar de acordo com o contexto no qual a figura está inserida. Vejamos alguns exemplos:

O uso do quadrado no logotipo da Seguradora Porto Seguro, reforça a idéia de segurança e estabilidade, como o próprio nome diz. O desenho da vela de um barco indica movimento, porém devido ela estar inserida no quadrado representa uma estrutura sólida e confiável.

Já no logotipo da Lego o quadrado representa construtividade, tecnologia, conforme descrito no início do post. Aqui o tipo de letra totalmente arredondado faz referência ao orgânico (pessoa) passando a idéia de um indivíduo no centro de um ambiente construtivo. Não é exatamente esta a proposta do brinquedo?
E o Logotipo do Itaú, um quadrado dentro de outro? Quanta solidez, estabilidade, tecnologia,… Algo construído para oferecer segurança e confiabilidade, com domínio da precisão em cálculos. Existe ambiente onde estas características sejam mais importantes do que em um banco?
Continua na próxima postagem… O significado Círculo e Quadrado na construção de logotipos

Significado do Logo da Copa de 2014

Com o término da Copa da África, as atenções se voltam para 2014, especificamente para o Brasil.
Um dos assuntos que vêm ganhando a atenção da mídia é o logo escolhido para representar a Copa de 2014.
Depois de sua divulgação no dia 08/07/2010, o logo se tornou alvo de análises e comentários por toda a imprensa e principalmente pela web.
Muita gente criticou…
Uma dessas críticas que correu pelo Twiter foi a comparação da marca com a silhueta do líder espírita Chico Xavier. 
Já para o designer gráfico Alexandre Wollner, além de parecer uma pessoa com a mão no rosto, o logo passa a idéia de que essa pessoa está com vergonha, por isso esconde o rosto. Alexandre já desenvolveu mais de 180 logotipos, entre eles o do Banco Itaú e da Papaiz. Sua opinião foi divulgada em uma entrevista à Revista Making Of .
O objetivo do logo é representar a taça da Copa usando mãos que se entrelaçam. Mas essa definição tem gerado muita polêmica.
A equipe do Entreclics fez uma análise baseada nos conceitos e técnicas para desenvolvimento de logotipo, considerando a escolha das cores, o significado das formas utilizadas, elementos subliminares e as conclusões surpreendem.
Muitos dos comentários apontam para a falta de proporções no desenho das mãos, mas talvez o objetivo tenha sido outro…
 Se observarmos o conjunto, veremos em destaque a mão em amarelo numa posição de proteção, valorizando a idéia de preocupação com o meio ambiente, o que é reforçado por vários outros elementos.
– O conjunto verde é o esboço de uma árvore, que pode ser considerada o símbolo do Brasil (pelo menos internacionalmente) devido a Floresta Amazônica.
– A base da figura representa rios e cachoeiras,
– As “mãos” que estão em verde, são na verdade o esboço de animais em extinção, a da esquerda representa um tamanduá olhando para baixo, e a da direita a asa de uma arara. Os dois são animais brasileiros em extinção.
Dessa forma, o logo valoriza a preocupação com a proteção ao meio ambiente. E um evento da proporção de uma Copa do mundo, onde todos os olhares estarão voltados para o Brasil favorece a tomada de consciência sobre este tema.

Quanto às cores utilizadas:

O verde e amarelo, além de representarem as cores da bandeira brasileira, estão aplicados nos elementos certos…
A cor amarela representa o ouro, está na mão “da proteção” mostrando que esta é uma atitude valiosa para o futuro do planeta.
O verde representa a ecologia, e está aplicado nos elementos da natureza.
E o vermelho? Porque foi usado se ele não faz parte das cores da bandeira???

Por 3 motivos:
1º O vermelho representa o sangue, a morte a extinção…

2º Por ser uma cor vibrante cria um ponto de interesse no logo chamando a atenção para a data (Copa) uma possibilidade de tomada de consciência dos outros países sobre os problemas ambientais no Brasil.
3º A eleição do Brasil como sede da Copa se deu durante o governo do Lula que é do PT (representado pelo vermelho) e o ano de 2014 coincide com a data de uma possível reeleição do Lula à presidência.
Tudo que é inconsciente permanece por mais tempo no cérebro. Assim, a representação do logo como taça da Copa usando mãos que se entrelaçam, pode ser esquecido com certa facilidade, mas seu significado subjetivo, não.
E você? Encontrou algum outro significado? Deixe seu comentário.
Para conhecer mais sobre construção de logotipos leia:

O significado das figuras geométricas na construção de logotipos
A persuasão na comunicação

O significado das formas geométricas Parte II

O Ponto é a unidade gráfica mais simples em comunicação visual. Sua representação gráfica é obtida pela marca deixada através do simples contato de algum material (líquido ou sólido) com a superfície.

Tem formato arredondado e é de fácil reconhecimento por nosso cérebro que tem a tendência de simplificar qualquer forma, tentando transformá-la num ponto. Prova disso é que quanto mais nos distanciamos de um objeto (de qualquer formato) mais ele vai perdendo os detalhes até se tornar apenas um pontinho distante. Se levarmos em consideração esta tendência de nosso cérebro ao pensarmos em criar um logotipo, torna-se fácil perceber que quanto menor a quantidade de informação utilizada, mais fácil para que elas sejam retidas na mente do público. Os vários elementos de um logotipo podem até ajudá-lo a ser auto-explicativo, porém exigem mais esforço para serem memorizados.

Isso explica a tendência de simplificação observada em muitos logotipos durante sua evolução.
Tomemos como exemplo o logo da Nike, que inicialmente possuía o nome Nike em sua composição e atualmente, após vários processos de simplificação, utilizar apenas o elemento gráfico.

É evidente que para isso acontecer, houve um enorme trabalho de comunicação e marketing envolvido para manter o nível de recall da marca inalterado.

Então eu pergunto:
Você acha que um logotipo deve inicialmente conter todos os detalhes que possam ajudá-lo a ser melhor entendido, e depois, se for o caso, ser simplificado para facilitar a memorização da marca? Ou, ele já deve ser criado o mais simples possível e evitar o esforço e investimento de um processo de simplificação futuro, ainda que este esforço ocorra inicialmente para facilitar sua compreensão?
Deixe seu comentário, queremos saber sua opinião.

Merchandising no Hino Nacional

Segundo a Wikipédia:
Merchandising é uma ferramenta de Marketing, formada pelo conjunto de técnicas responsáveis pela informação e apresentação destacada dos produtos no ponto de venda, de maneira tal que acelere sua rotatividade.
No Brasil o termo Merchandising é comumente usado de maneira incorreta, já que refere-se à prática de inclusão sutil de produtos, serviços, marcas e empresas em obras de entretenimento, principalmente audiovisuais, como novelas, filmes, games etc. É uma ação integrada ao desenvolvimento do esquema editorial, por encomenda. Possui custos mais elevados que os da propaganda em si, pois é “digerida” pelo publico com muito mais facilidade do que os comercias comuns nos intervalos.
Veja a seguir um exemplo nada sutil de merchandising no Hino Nacional Brasileiro. Agora vai ser fácil dos jogadores da seleção brasileira cantarem o hino…

Aviso: As marcas e slogans usados neste post são utilizados para mera ilustração e fins informativos e pertencem a seus respectivos proprietários. O editor deste blog não tem propriedade sobre elas e nem as subsidia.

Elementos subliminares em logotipos

Como havíamos prometido em outro post, vamos verificar como alguns designers usam elementos subliminares ou subjetivos na construção de logotipos.
Primeiro vamos às definições:
Mensagem Subliminar: A percepção subliminar é a capacidade do ser humano de captar de forma inconsciente mensagens ou estímulos fracos demais para provocar uma resposta consciente. A percepção subliminar é de fato comprovada cientificamente, com inúmeros experimentos que apresentaram fortes evidências.
Mensagem Subjetiva: è aquela que pertence ao sujeito enquanto ser consciente, que é do domínio da consciência.

Fonte: Wikipédia
Em outras palavras, podemos resumir da seguinte forma: subliminar é o que foge à nossa consciência e subjetivo é algo que está “escondido ou camuflado” que podemos perceber conscientemente, porém exige um certo esforço.
Com relação a construção de logotipos o mais comum é a utilização de elementos subjetivos para reforçar alguma característica importante.
Vejamos alguns exemplos:
O logotipo do Habib´s tem em sua construção um apóstrofe invertido! Esse elemento subjetivo ( ele está ali e pode ser percebido conscientemente) passa a idéia de uma esfiha mordida. De forma subliminar este detalhe pode despertar uma vontade incosciente de comer esfiha…
O logo da Amazon tem uma seta que passa a idéia de velocidade, porém poucos associam esta seta à idéia de diversidade: produtos de “a” a “z”.
O logo Fedex também tem uma seta (um pouco mais camuflada) para passar a idéia de agilidade.
Se você não viu, está entre o “E” e o “x”.

Muitos analisam o logo do Banco do Brasil como sendo 2 Bs invertidos e entrelaçados, mas também podemos perceber uma estilização do cifrão “$”, elemento que caracteriza perfeitamente a atividade das instituições financeiras.
Selecionamos apenas alguns exemplos, mas em breve colocaremos outros.
Para quem gostou deste assunto recomendamos visitar o blog Elo Comunicação que tem uma postagem interessante sobre logotipos.

Aviso: As marcas e slogans usados neste post são utilizados para mera ilustração e fins informativos e pertencem a seus respectivos proprietários. O editor deste blog não tem propriedade sobre elas e nem as subsidia.

Identidade Corporativa – Por onde começar?

Muitas pessoas acreditam que o desenvolvimento da identidade de uma empresa se resume na criação de um logotipo, e pronto. O que é um enorme erro.
A identidade corporativa é um conceito muito mais abrangente do que a imagem passada por um logotipo. Este é apenas a ponta do iceberg no que se refere à construção da imagem corporativa no mercado. Além dele, fazem parte deste processo: a criação e padronização de todos os materiais impressos e de papelaria, a identificação visual da fachada e dos ambientes internos da empresa, a personalização da frota e dos uniformes dos funcionários, além de todo material utilizado na divulgação da empresa nos mais variados tipos de mídia. Onde o mais importante é integrar todos estes materiais dentro de uma mesma linguagem, criando uma unidade entre eles. É o que chamamos de arquitetura da marca.
Veja abaixo alguns bons exemplos, desenvolvidos pela Agência de Comunicação  Top Asiole , do que vem a ser este mix de materiais seguindo uma padronização :

………………………………………………………………………

……………………………………………………………………..

 

……………………………………………………………………….
Porém é importante lembrar a comunicação é que viabiliza a construção da identidade corporativa, e permite que as organizações gerem no ambiente externo uma imagem institucional coerente e competitiva.
Aqui entra em cena uma habilidade extremamente importante para a construção da marca: Brand Governance.
É a capacidade de projetar e sustentar no mercado, uma imagem sólida e diferenciada capaz de identificar e destacar a empresa diante da concorrência.
É lógico, portanto, concluir que somente através da comunicação estratégica e eficiente da identidade, forma-se uma imagem verdadeira na mente do seu público.
Aí eu lhe pergunto quem deveria fazer este trabalho?
(   ) As pessoas de diferentes áreas tratando da comunicação da empresa, cada uma com sua visão?
(   ) Diversos fornecedores contratados, cada qual para desenvolver um material específico com linguagens e estratégias diferentes?
Parece óbvio que NENHUMA das respostas estejam corretas, não é? Mas é o que mais acontece…
Com certeza deveria ser um profissional ou uma empresa especializada em comunicação integrada …

O significado das figuras geométricas na construção de Logos

Tentar entender o processo de criação de marcas e logos nem sempre é uma tarefa fácil. Entender o significado das figuras geométricas nem sempre é fácil…

 

análise de logotipo

Deixando as brincadeiras de lado, para entender o significado de um logo precisamos primeiro saber o significado das figuras geométricas e elementos que o compõem.

Em nosso cérebro, nós possuímos circuitos de reconhecimento de padrões que nos fazem enxergar um mundo cheio de geometria. Em outras palavras o inconsciente cria significados para as formas e se conhecemos a “linguagem da mente” somos capazes de descobrir alguns significados ocultos.
Então vamos à algumas definições:

Significados das figuras geométricas quando aplicadas em logotipos

Linhas retas >> são mais racionais, estão ligadas ao pensar.

 

Linhas curvas ou orgânicas >> são mais emocionais, ligadas ao fluir.

Quadrado >> Representa força, segurança, racionalidade, imobilidade e poder.
Retângulo deitado >> Indica solidez, estabilidade e fortaleza.
Sabendo disso, fica fácil perceber porque a maioria dos bancos e instituições financeiras tem por base o quadrado ou retângulo deitado.

significado das figuras geométricas quadrado e retângulo

Retângulo em pé >> Indica crescimento e sustentação
Muito apropriado para construtoras, não acham?…
Círculo >> É constituido por uma curva contínua sem fim. Representa estabilidade evolutiva, globalização, universalidade, e também tem a característica de centralização, uma vez que cria um limite que funciona como foco.
Você já reparou que os meios de comunicação sempre usam círculos ou figuras circulares? Poque será? Empresas que querem atingir uma grande massa tornando-se populares fazem uso deste recurso. Como a Volkswagen, por exemplo.

Triângulo para baixo >> Passa a ideia de mobilidade e instabilidade, já que é seu vértice que serve de base para a figura nesta posição.

Triângulo para cima >> Representa ascensão, sucesso, dinamismo e estabilidade

Vejamos os exemplos: A Leroy Merlin  e a Dicico, duas lojas de materiais de construção, usam o triangulo para cima indicando ascenção com estabilidade, para passar a idéia de construção com solidez.
A Top Asiole, agência de Comunicação Integrada usou o triângulo para mostrar sua capacidade de conduzir os clientes ao sucesso com dinamismo. O retângulo em pé reforça a ideia de crescimento e sustentação.
O HSBC, além de usar o quadrado como base, trabalha com triangulos em várias direções o que leva a juntar as definições: mobilidade, ascenção, sucesso, dinamismo e estabilidade.

Losango inclinado >> Velocidade, rapidez
Alguém arrisca um palpite do porque as empresas de entrega sempre usam este artifício?

Estes são alguns exemplos, mas conhecendo o significado das figuras geométricas, não é difícil entender outros logos a nossa volta…
Muitas vezes os designers desenvolvem logotipos e não usam formas básicas, como as citadas acima, porém usam outros elementos, muitas vezes subliminares, para transmitir os conceitos para os quais suas marcas foram criadas.
No próximo post falaremos sobre isso.
Aviso: As marcas e slogans usados neste post são utilizados para mera ilustração e fins informativos e pertencem a seus respectivos proprietários. O editor deste blog não tem propriedade sobre elas e nem as subsidia.

Este post foi desenvolvido pela Agência de Marketing Top Asiole.

 

Além de preparar conteúdos interessantes para você, nosso maior talento é buscar soluções inovadoras e eficientes para posicionar sua empresa de forma mais competitiva no mercado.

Quer saber mais sobre o que uma agência de comunicação integrada pode fazer por sua empresa?

Consulte-nos: (11) 98609-7504