Análise de comerciais – Campanha de comunicação Itau

A nova campanha de comunicação do Itaú sobre sustentabilidade tem sido motivo de muitos comentários, e nós não poderíamos deixar este assunto passar em branco, portanto fizemos a análise da estratégia de comunicação utilizada.

Comercial de TV referente à campanha de comunicação Itaú

Temos que dar os parabéns. Só não sabemos bem a quem.

Se para a equipe de criação que teve um senso de oportunismo aliando uma ideia criativa à um vídeo já existente na internet; ou para a equipe de produção do vídeo que conseguiu extrair toda a graça e desenvoltura do bebê.

Talvez os parabéns devem ser mesmo é para o protagonista, pois este bebê deu um show de espontaneidade fazendo com que o comercial ficasse simpático e gostoso de assistir 🙂

Foi muito feliz a utilização do bebê nesta campanha de comunicação e principalmente explorando sua felicidade, afinal é quase  universal a reação de sorrirmos para um bebê (e quando este bebê é tão simpático, não tem como não reagir, não é verdade?). 

A utilização de bebê em publicidade é um recurso que aumenta o apelo comercial do material devido à alguns fatores:

  • despertam nossos instintos maternal e paternal
  • trazem a lembrança de uma fase feliz para a grande maioria das pessoas: a infância
  • possuem pureza e inocência de sentimentos, o que os tornam apropriados para transmitir certos conceitos: “ser puro como as crianças” “tão simples que até criança entende”
  • as crianças sentem quem é bem intencionado – portanto são adequadas para transmitir a ideia de verdade, sinceridade
  • A evolução da natureza fez com que sejam irresistíveis, para que despertem o senso de proteção em todos e com isso possam contribuir para a continuidade da espécie humana… quem consegue não sorrir quando um bebê naturalmente sorri para você?

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Oxford descobriu o motivo desta reação.

É uma resposta instintiva de nosso córtex medial orbito-frontal que nos faz sentir bem diante de um bebê. É como se fosse uma recompensa.

Também já foi comprovado que o riso é contagiante.

Porque o riso contagia?

Os cientistas descobriram que isso ocorre devido a ação dos neurônios-espelho que estão ligados à nossa capacidade de compreender um sentimento, imitar gestos e entender seu significado. Imitando o riso de outra pessoa o cérebro desempenha um papel importante na interação social, já que essa “reflexão de risos” ajuda os indivíduos na construção de relações positivas fortalecendo os laços que já existem.

Portanto, nada mais oportuno do que aproveitar a figura de um bebê e provocar a reação de riso contagiante para otimizar os resultados desta campanha de comunicação!

Este artigo foi desenvolvido pela Agência de Marketing Top Asiole.

 

Além de preparar conteúdos interessantes para você, nosso maior talento é buscar soluções inovadoras e eficientes para posicionar sua empresa de forma mais competitiva no mercado.

Quer saber mais sobre o que uma agência de comunicação integrada pode fazer por sua empresa?

Consulte-nos: (11) 98609-7504

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *